skip to Main Content
Boas Notícias Para Os Pacientes De Mieloma Múltiplo Do SUS!

Boas notícias para os pacientes de mieloma múltiplo do SUS!

O bortezomibe agora poderá ser usado no sistema público de saúde

Depois de um longo caminho percorrido pela Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), o bortezomibe agora poderá ser usado no sistema público de saúde. O que isso significa? Que pacientes com mieloma múltiplo do SUS terão acesso ao medicamento.

Quem poderá usar

O medicamento foi aprovado pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC) para uso nas seguintes condições:

  • Tratamento do mieloma múltiplo em pacientes adultos previamente tratados.
  • Tratamento do mieloma múltiplo em pacientes adultos, não previamente tratados, elegíveis ao transplante de medula óssea autólogo.
  • Tratamento do mieloma múltiplo em pacientes adultos, não previamente tratados, inelegíveis ao transplante de medula óssea autólogo.

O bortezomibe

O bortezomibe é um medicamento antineoplásico, inibidor da proteossoma 26S, que impede a proteólise e causa a ruptura dos mecanismos de homeostase. Todos estes processos levam à morte das células doentes no mieloma múltiplo.

É injetável e pode ser utilizado em combinação com outros medicamentos.

Importante! Apenas o médico onco-hematologista é quem poderá indicar a utilização do bortezomibe para o tratamento do mieloma múltiplo.

O que é o mieloma múltiplo

O mieloma múltiplo tem início na medula óssea, quando no momento em que os linfócitos se diferenciam para, então, tornarem-se plasmócitos, ocorre uma mutação celular em um ou mais genes e passam a produzir plasmóticos anormais. Para saber mais, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
×Close search
Search