skip to Main Content

A leucemia é um tipo de câncer do sangue que se inicia na medula óssea, tecido líquido que ocupa o interior da maior parte dos ossos.

É na medula óssea que as células sanguíneas se originam. São elas:

Glóbulos brancos (ou leucócitos) – combatem as bactérias e vírus que tentam entrar no organismo;
Glóbulos vermelhos (ou hemácias) – responsáveis pela oxigenação de todo o corpo;
Plaquetas – ajudam na coagulação, evitando as hemorragias.

A leucemia acontece quando as células que originam os glóbulos brancos sofrem mutações, alterações que ocorrem no material genético destas células, fazendo com que elas alterem sua função e se multipliquem de maneira descontrolada na medula óssea, impedindo que a medula óssea produza células importantes para o funcionamento do nosso corpo.

Didaticamente podemos dividir as mutações em dois tipos: as que afetam a capacidade de diferenciação (maturação) das células e as que influenciam na habilidade de proliferação celular (multiplicação).

Existem dois principais grupos celulares em que a leucemia é dividida: as que afetam as células de linhagem mieloide e as que afetam as células de linhagem linfoide. As leucemias também podem ser agudas ou crônicas.

As leucemias agudas são caracterizadas pelo crescimento rápido de células imaturas (os blastos), e as leucemias crônicas pelo aumento das células maduras, mas anormais. As leucemias podem ocorrer em qualquer idade e na maior parte dos casos não é possível identificar um fator de risco associado.

São quatro os principais subtipos da doença:

Leucemia Mielóide Crônica (LMC)

Este tipo de leucemia é caracterizada pela presença do cromossomo Philadelfia (Ph+). – SAIBA MAIS

Leucemia Linfoide Crônica (LLC)

Tipo de leucemia mais comum em idosos, na LLC os linfócitos não funcionam corretamente. – SAIBA MAIS

Leucemia Mielóide Aguda (LMA)

Sua principal característica é a presença de blastos na medula óssea, células muito imaturas. – SAIBA MAIS

Leucemia Linfoide Aguda (LLA)

Embora a LLA seja mais comum na infância, adultos também podem desenvolvê-la. – SAIBA MAIS

Acompanhe minhas redes sociais

Back To Top
×Close search
Search