skip to Main Content
Atividade Física Durante O Câncer: Pode Ou Não Pode?

Atividade física durante o câncer: pode ou não pode?

Existem muitas dúvidas com relação à prática de exercícos, em especial entre os pacientes com mieloma múltiplo e no pós-TMO

Muito se fala sobre a importância de realizar exercícios físicos para a saúde, afinal manter o corpo em movimento ajuda a controlar o peso corporal e a reduzir doenças cardiovasculares, oncológicas, depressão e ansiedade. Mas a atividade física durante o câncer está liberada?

A resposta é sim! Mas cada caso deve ser avaliado de maneira individual. Os exercícios físicos, de um modo geral, ajudam no fortalecimento do sistema imunológico, além de trazer uma sensação de bem-estar/alegria, por conta da liberação de endorfina. E essas são duas questões muito importantes para o paciente oncológico.

Atividade física para pacientes com mieloma múltiplo

Falar sobre atividades neste grupo de pacientes é bem interessante. Isso porque muitos entendem que, tanto por conta da idade avançada, quanto por conta das características da doença em si, os exercícios estão proibidos. Mas não é bem assim!

De fato as dores ósseas e até mesmo as fraturas são sintomas importantes do mieloma múltiplo e que de maneira alguma devem ser desconsiderados. Mas isso não significa que a prática de atividades físicas não será liberada – pelo contrário, movimentar o corpo pode, inclusive, ajudar durante o tratamento e ao retorno das atividades cotidianas.

Os esportes de alto impacto, como lutas, futebol e musculação, estão totalmente fora de questão. As atividades mais adequadas, então, são as caminhadas, pedalar em bicicleta ergométrica (para evitar quedas) e até mesmo a natação.

E tudo isso, claro, com indicação médica e – se possível – com acompanhamento de um fisioterapeuta.

Exercícios físicos no PÓS-TMO

Os pacientes que realizam o transplante de medula óssea, principalmente o alogênico, acabam ficando longos períodos internados no hospital. E, para não correrem riscos de contrair alguma bactéria ou vírus, também passam muito tempo no quarto hospitalar. Com isso, é possível que ocorra perda de massa muscular, fadiga, além de surgirem sentimentos de ansiedade e irritação.

E é neste momento que entram as atividades físicas. Assim como para os pacientes de mieloma múltiplo, os exercícios mais adequados logo após o TMO serão os de intensidade mais “leves”, como caminhadas, pedaladas e natação.

Entretanto, durante a internação, também é possível se exercitar! Isso mesmo que você leu. Ainda que o paciente precise ficar no quarto o tempo todo, é possível realizar atividades que façam o corpo se movimentar. Caminhar dentro do próprio quarto é uma opção. Exercícios contra resistência de pesos, utilizando elásticos especiais ou até mesmo o próprio peso do corpo, também podem ser indicados.

Uso cateter, posso praticar atividade física?

Para alguns tipos de tratamento quimioterápico, o uso do cateter será necessário. Mas se o paciente estiver se sentindo bem, com indicação médica, os exercícios de intensidade moderada estão liberados. E como geralmente os cateteres ficam aplicados na parte superior do braço, a dica é não pegar muito peso nesta região.

Leia a matéria sobre os principais tipos de cateteres – Cateter, amigo do paciente

Corpo em movimento, mesmo durante o coronavírus

O coronavírus chegou e afastou as pessoas das ruas, dos parques e até mesmo das academias. Muitos deixaram de praticar atividades físicas neste momento, porém é possível reverter este quadro! Separamos aqui cinco dicas de exercícios que poderão ser praticados, facilmente, durante a quarentena por conta da COVID-19:

1 – Pule corda

2 – Mora em prédio? Suba as escadas!

3 – Ande pela casa

4 – Coloque aquela música que gosta e dance

5 – Pratique Yoga

Importante! Talvez nem todos os pacientes sintam-se aptos a praticar atividades físicas, afinal os tratamentos, como a radioterapia e quimioterapia, podem provocar cansaço, dores no corpo, desconfortos. E se este é o seu caso, faça os exercícios no seu tempo, combinado?

This Post Has 4 Comments
  1. Obrigada pela atenção com o meu querido e amado irmão Júnior esposo de Sabrina, sou fisioterapeuta, vizinha de porta dele, estou incentivando demais o exercício físico dentro das limitações, já comprei uma mini bike e a cada dia que passa é uma vitória, melhorando a qualidade de vida dele.

    1. Oi Luciana! Muito obrigado pelo carinho. Fico feliz que esteja incentivando a prática de exercício físico do Júnior, porque realmente é importante e ajuda no tratamento. Se precisarem de qualquer coisa, sabem que podem contar comigo 🙂

  2. Olá…..

    Eu não gosto de caminhar e não chegar a lugar nenhum….
    Estou esperando passar essa pandemia e voltar a treinar BOXE, é a única coisa que me motiva a ir para a academia ,…
    Adoro motocross também, mas esse é muito caro, não poderei fazer….rs

    Abraços..,..

    😉

    1. Olá Ernesto! O importante é encontrar uma atividade que lhe dê prazer. Se o boxe te motiva, e você tem indicação para a realização deste esporte, então continue a fazer. Mesmo em casa, acredito que dê para continuar praticando alguns movimentos. Abraços e fico à disposição!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
×Close search
Search