skip to Main Content
O Câncer Não Espera O Coronavírus Passar

O câncer não espera o coronavírus passar

Procure um médico se apresentar diferentes sintomas em seu corpo

Vivemos um momento muito difícil. O isolamento social é uma recomendação das principais autoridades de saúde do país. A ida aos hospitais não tem sido estimulada, já que a maioria deles está recebendo pacientes com a COVID-19. E, em meio a tudo isso, o câncer não espera o coronavírus passar.

Novos diagnósticos estão sendo prejudicados

Embora a mídia não fale de outro assunto, que não o coronavírus, não podemos nos esquecer que doenças como o câncer, infelizmente, continuam a acontecer. Afinal, o corpo não escolhe idade, sexo, classe social e nem “tempos sem pandemia” para desenvolver a doença.

De acordo com as estimativas do Instituto Nacional de Câncer (INCA), somente este ano teremos cerca de 625 mil novos casos de câncer no Brasil. Este já é um dado preocupante, haja visto que muitos subtipos da patologia podem ser evitados com hábitos mais saudáveis de vida.

Mas, a preocupação não para por aí. De acordo com um estudo lançado pela Sociedade Brasileira de Patologia e Cirurgia Oncológica, ao menos 50 mil brasileiros deixaram de receber o diagnóstico oncológico. É isso mesmo que você leu! 50 mil pessoas podem ter câncer e nem saber.

Dentre os motivos para isso está o medo de sair de casa, procurar um médico e ser contaminado pela COVID-19. E claro que este pensamento é justo, afinal, esta é uma doença bastante grave. Mas o câncer também é!

Diagnóstico precoce do câncer: primeiro passo para os bons resultados

Receber a notícia que se tem um câncer não é fácil. É comum a pessoa sentir medo, insegurança. Mas, com as diversas possibilidades de tratamentos, hoje é possível obter resultados extremamente positivos, como a remissão completa da doença e até mesmo sua cura.

Entretanto, o estadiamento em que este câncer será diagnosticado fará importante diferença nesta taxa de resposta. Isso porque, a depender do subtipo da patologia, é possível que outros órgãos também sejam afetados com o passar do tempo. Sem contar o grau de agressividade da doença, que pode ser maior a depender do tipo, como nos casos de alguns linfomas e das leucemias agudas.

Por isso, assim que os primeiros sintomas surgem, é fundamental procurar um médico! Não é possível esperar a pandemia passar. O câncer não espera.

Telemedicina – Escolha usar!

Você sabia que é possível falar com um médico, mesmo à distância? Hoje, a telemedicina, ou medicina à distância, possibilita o contato com especialistas de todo o Brasil. Via planos de saúde, o caminho realmente é um pouco mais fácil. No sistema público, este serviço ainda não está completamente disponível, mas ainda assim é seguro procurar ajuda. Os centros de tratamento já começam a reativar as atividades de forma ordenada, segura e com fluxos específicos para o paciente oncológico, hematológico e de transplante. 

Fique atento aos sinais de seu corpo

Quando o corpo não está bem, ele avisa. E os sinais do câncer falam tudo, em muitos casos mostrando a urgência de procurar por ajuda profissional. Mas, por alguns tipos da doença apresentarem sinais considerados comuns a outros problemas de saúde, como gripes e resfriados, nem sempre são compreendidos.

Confirma a matéria “Os sinais do câncer falam tudo. Mas você precisa prestar atenção neles”.

E se notar algo diferente, já sabe: procure um médico! Afinal, como vimos, o câncer não espera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
×Close search
Search